Secreta vigia radicais de esquerda

As forças de segurança voltaram a reforçar a vigilância aos movimentos radicais de esquerda, por haver indícios de que estes poderão actuar hoje, nas celebrações do 25 de Abril, como aconteceu há dois anos.
De acordo com o que apurou o DN, a vigilância foi reforçada esta semana junto de grupos sediados na zona de Lisboa, Almada, Barreiro, Porto e Amadora, e vai manter-se até depois do dia 1 de Maio. Fontes policiais confirmaram que a PSP tem trabalhado em conjunto com os elementos do SIS, entidade que, em 2008, registou "indícios de radicalização de alguns núcleos activistas".

Ler o resto no « DIário de Notícias »

Share on Google Plus

About R.O

    Blogger Comment
    Facebook Comment

3 comentários:

  1. Vejam que interessante, quem é contra o Governo é imediatamente catalogado de « radical de esquerda» , qualquer dia passa a «terrorista de esquerda» pelos vistos...

    ResponderEliminar
  2. o que eu acho mt engraçado... é k eles com os comunistas... são assim... e com os radicais de esquerda ne... então e com os radicais de direita? neo-nazis, malta do PNR, etc?? a esses já n fazem nada?? já não os controlam? já não os reprimem???
    Esta União Europeia que se diz democrática de democracia n aplica nada!!! aplica sim fascismo!!! O FASCISMO ESTÁ VIVO E BEM VIVO!!! RENOVOU-SE,ESTÁ MODERNIZADO E DISSIMULADO!! E CADA VEZ MAIS FORTE PELOS VISTOS! METEM NOJO!!!!!!!!! UM DIA TUDO MUDARÁ... A EXPANSÃO DA CONSCIÊNCIA JÁ ESTÁ A ACONTECER POR TODO O MUNDO!!! E NESSA ALTURA NÃO HÁ EXÉRCITO QUE POSSA DETER A FÚRIA DO POVO!!! NEM UM!!!

    P.S: Não sou comunista nem radical nem porra nenhuma, simplesmente sou um indivíduo que está farto da sociedade PUTREFACTA em que vivemos!

    ResponderEliminar
  3. Nem sempre é assim :-)
    o forum nacional (dos membros nacionalistas e também do PNR) está cheio de pj's infiltrados.
    O Mário Machado, líder dos nacionalistas, ja havia sido preso varias vezes.
    Quando eles querem fazer manifestações contra o governo corrupto, o ministério publico nunca autoriza e a PJ vai sempre vigiar a sede do PNR e os membros..

    O Governo não gosta nada deles porque sabe que eles são milhares, e muitos deles têm armamento

    ResponderEliminar