Coronavírus; controle Populacional?
















EM ATUALIZAÇÃO

Coronavírus (Covid-19), nova moda que (não querendo ser pessimista) de certeza que a Organização Mundial de Saúde vai emitir alerta de epidemia mundial e os laboratórios já devem andar a preparar uma vacina, milhões vão ser facturados.
Podem chamar-me teórico da conspiração, mas isto cheira a fabricação intencional, portanto man-made.

Recordem-se que em 2002 surgiu uma infeção muito idêntica, a SARS. Anos depois surgiu o pânico do H5N1, que iria dizimar milhões de pessoas, acreditava-se.
Uns aninhos depois; o pânico com o ébola e depois o "vírus Zika" no Brasil, recordam-se?

Por vezes as pessoas esquecem os eventos do passado, e não reparam nos "sinais" nem nas conspirações, porém elas existem!

Em 2002, foi identificada a Síndrome Respiratória Aguda Grave (SARS), também com origem na China, e em 2012, a Síndrome Respiratória do Oriente Médio (MERS).

O que a SARS, o H5N1 e este coronavírus têm em comum?

Sintomas:
Febre, dificuldade em respirar, tosse, e em casos de pessoas com sistema imunitário mais fraco (crianças e idosos) morte.
Quando surgiu a H5N1 venderam-se milhões de unidades de "Tamiflu".
Porém, para este coronavírus ainda não existe oficialmente, tratamento.

De década em década surge uma epidemia qualquer para "limpar" mais umas pessoas e equilibrar o excesso populacional, é algo programado.

Duvida?

Basta pesquisar um pouco.

1918:
Gripe Espanhola.
Esse vírus espalhou-se pelo mundo em apenas um ano (em 1918) matou pelo menos 50 milhões de pessoas.
E fique a saber que, antes de surgir o H5n1, alguns cientistas andaram a brincar aos estudos ressuscitando o vírus da gripe espanhola.

2002:
SARS, Síndrome Respiratória Aguda Grave, espalhou-se por 30 países.

2005:
Surto do vírus influenza A, gripe Aviária, conhecida como H5n1 ou ainda gripe A (embora haja variantes B e C e subtipos de vírus: H1N1, H2N2 e H3N2).

2014:
Ébola.
No ano de 2014 o mundo viveu o maior surto de ebola da história. O vírus, que mata entre 50% e 90% das pessoas que o contraem em questão de dias, ameaçou deixar a África e atacar outros continentes.
Contudo, o caso não foi tão grave quanto a O.M.S previa.

2015:
Surto do vírus Zika.
Foi o maior surto desse tipo de vírus da história, que ocorreu entre abril de 2015 e novembro de 2016. A epidemia começou em 2012,no Brasil e, posteriormente, espalhou-se para outros países da América do Sul, América Central e Caribe.

2020:
Coronavírus.
Já está a espalhar-se por vários Países. Cerca de 15 Países.
Vamos ver no que vai dar, eu aposto que a O.M.S vai declarar epidemia mundial, e os laboratórios já devem ter uma vacina (que prepararam com antecedência), milhões de unidades para vender, à semelhança do Tamiflu (Oseltamivir) que foi vendido para o H5N1.
Talvez o laboratório seja inclusive o mesmo: "Roche".

Segundo o último relatório da Organização Mundial de Saúde  (nº 33) há 95 mil infectados em todo o Mundo.
Na China cerca de 3000 mortes declaradas.


31-01-2020:
A minha primeira previsão (que publiquei neste post há sete dias atrás) bateu certo.
A O.M.S já declarou estado de emergência internacional.
Agora só falta a segunda previsão bater certo, os laboratórios "Roche" lançarem uma vacina ou antídoto.


Leia: Coronavírus com inserções de código genético do HIV. 
Share on Google Plus

About R.O

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Enviar um comentário